IBOVESPA 107.398,97 −6.278,28 (5,52%)

Saúde

Hospital de Campanha, no Hangar, transfere o último paciente com a Covid-19

No próximo sábado, uma cerimônia ecumênica vai marcar o encerramento das atividades de um dos maiores centros de tratamento da Covid-19 no Brasil

Profissionais de saúde e o paciente Estevam Caldas de Sá ao deixar o Hospital de Campanha, nesta quinta-feiraO último paciente do Hospital de Campanha instalado no Hangar – Centro de Convenções, em Belém, foi transferido na tarde desta quinta-feira (14) para o Hospital Santa Terezinha, onde funciona o Centro Especializado em Atendimento à Covid-19, também na capital. Estevam Caldas de Sá, 82 anos, morador de Marituba, na Região Metropolitana de Belém, estava internado na unidade de saúde desde 28 de setembro.

"Estou muito feliz porque vou poder vê-lo e estar com ele. Estava há mais de 20 dias sem vê-lo, e fiquei grata por todo atendimento que ele teve aqui. As pessoas foram muito boas com ele, trataram muito bem, foi muito bem recebido no Hospital de Campanha do Hangar. Fiquei muito feliz porque é difícil encontrar pessoas assim. Acredito que foi coisa de Deus mesmo. Foi uma equipe de Deus enviada para esse lugar. Agradeço a todas as pessoas desse local", disse a dona de casa Ruth Cruz Sá, filha de Estevam, que o acompanhou no momento da transferência. 

Referência - Em funcionamento desde o dia 10 de abril de 2020, o Hospital de Campanha chegou a ter 420 leitos, tornando-se (no momento da instalação), o maior hospital de campanha contra a Covid-19 do País. Além dos leitos, o Hospital de Campanha de Belém contou com postos de enfermagem, áreas específicas para higienização dos profissionais de saúde, estrutura para embarque e desembarque de pacientes, área de recepção para os familiares e banheiros. Foram mais de 1,5 mil profissionais atuando, entre médicos, enfermeiros, técnicos em enfermagem, fisioterapeutas e psicólogos. No total, 7.388 pacientes foram atendidos, dos quais 345 foram transferidos e 4.944 receberam alta médica.

A desativação do Hospital de Campanha ocorre em um momento de baixa procura por leitos para tratamento de Covid. A Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa) informou que a taxa de ocupação de leitos de UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) é de 0%, e de leitos clínicos é de 0,1%. Desde o início do mês de outubro os pacientes infectados pelo novo coronavírus estão sendo direcionados ao Centro Especializado em Atendimento Covid-19, no Hospital Santa Terezinha, área central de Belém.

Cerimônia de encerramento - No próximo sábado (16), o Governo do Pará realizará uma cerimônia ecumênica para marcar o fechamento do Hospital de Campanha, no Hangar, com o apoio das secretarias estaduais de Cultura (Secult), de Comunicação (Secom), de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas), de Turismo (Setur), do Instituto de Desenvolvimento Florestal e da Biodiversidade (Ideflor-Bio) e da Organização Social Pará 2000.

O evento será as 17 h, com a presença do governador Helder Barbalho e de profissionais de saúde que atuaram no Hospital no combate à pandemia. A programação será aberta ao público, com acesso pelo estacionamento do Hangar, e transmissão ao vivo pelo canal do YouTube do Governo do Pará.

___________

Agência Pará