IBOVESPA 107.398,97 −6.278,28 (5,52%)

Segurança Pública

Polícia Militar lança campanha contra importunação sexual nos estádios

Evento de lançamento ocorreu durante a partida entre o Clube do Remo e a equipe do Coritiba, válida pela 28ª rodada do campeonato brasileiro da Série B

Casal chega para a partida do Clube do Remo no Baenão e recebe das mãos de policiais militares panfletos orientadoresA Polícia Militar, por meio do Batalhão de Polícia de Eventos (BPE), unidade que integra o Comando de Policiamento Especializado (CPE), lançou a campanha "Todos Contra a Importunação nos Estádios", na noite desta segunda-feira (4). O evento de lançamento ocorreu durante a partida entre o Clube do Remo e a equipe do Curitiba, válida pela 28ª rodada do campeonato brasileiro da Série B, disputada no estádio Antônio Baena (Baenão), em Belém.

A ideia surgiu no I Simpósio sobre Torcidas Organizadas nos Estádios de Futebol do Pará, organizado pelo BPE, no mês de agosto, para debater a violência nos estádios paraenses. A questão da importunação sexual se mostrou um tema recorrente entre as integrantes de torcidas organizadas. A partir daí, foram realizados estudos para subsidiar a campanha que tem como principal objetivo esclarecer os torcedores sobre a lei n° 13.718 de 2018, que caracteriza o crime de importunação sexual, bem como a pena prevista e os atos que podem resultar em aumento da pena.

Além disso, o dispositivo esclarece sobre como as torcedoras devem proceder para denunciar casos tanto dentro como fora dos campos de futebol. “O embrião dessa campanha surgiu quando realizamos o I Simpósio com as torcidas organizadas e pudemos ouvir sugestões e reclamações, e umas das principais queixas estava relacionada com a questão da importunação sexual sofrida pelas mulheres que frequentam os estádios em nosso Estado. Estendemos a nossa pesquisa para outros grupos sociais e percebemos que a maioria das mulheres que frequentam jogos de futebol já sofreu algum tipo de importunação sexual. Por isso, decidimos desencadear esta ação”, explica o comandante do Batalhão de Polícia de Eventos, Tenente-coronel Helde Alain Corrêa da Silva.]

Um dos públicos alvos da campanha, os homens se mostraram bastante receptivos ao serem abordados pelas responsáveis da distribuição dos panfletos da campanha, a exemplo do analista de contratos, Alexandre Vitorino. Ele estava no estádio acompanhado da filha e considerou a ação importante.

“Eu comecei a frequentar os campos de futebol em um tempo em que as mulheres entravam no estádio e eram duramente xingadas e, como pai de duas meninas, eu acho essa campanha contra a importunação sexual muito importante, principalmente por estimular o respeito dentro dos estádios’’, comentou o torcedor. 

A campanha idealizada pelo BPE pode ser concretizada graças às parcerias realizadas com a Casa  Civil do Estado, Assembleia Legislativa do Pará (Alepa), Procuradoria Especial da Mulher da Assembleia Legislativa do Pará, deputada estadual, professora Nilse, Federação Paraense de Futebol (FPF) e o Clube do Remo, que por ocasião do lançamento da campanha, jogou com a logomarca da ação em seu uniforme, além de seus jogadores entrarem em campo com uma faixa da campanha.

A campanha será promovida de forma permanente nos jogos do Remo e Paysandu, realizados na capital paraense e, além disso, está prevista uma solenidade na Assembleia Legislativa, onde ocorrerá o lançamento de uma cartilha educativa da campanha "Todos Contra a Importunação Sexual nos Estádios''.

___________

Agência Pará