IBOVESPA 107.398,97 −6.278,28 (5,52%)

Saúde

Prefeitura reforça importância da notificação à Sesma de casos suspeitos ou confirmados de covid-19

As notificações, por parte de instituições públicas ou privadas de saúde, de casos suspeitos e confirmados de covid-19, são importantes para que o município possa manter o monitoramento do cenário atual da pandemia na capital.

A Prefeitura de Belém, por meio da Secretaria Municipal de Saúde de Belém (Sesma), reforça a importância da notificação, por parte de instituições públicas ou privadas de saúde, de casos suspeitos e confirmados de covid-19, para que o município possa manter o monitoramento do cenário atual da pandemia na capital. Na Nota Técnica 21, emitida no último dia 24 de junho, a Sesma apresenta as recomendações de registro a esses estabelecimentos.

A principal recomendação é que as notificações – incluindo óbitos, se houver – sejam feitas no prazo de 24 horas, em três plataformas digitais, conforme fluxo já estabelecido. Os registros serão repassados, rotineiramente, pela Sesma ao Ministério Público do Estado (MPE), para fins de acompanhamento e tomada de providências cabíveis, se necessário.

Proteção - Na nota técnica, a Sesma lembra, ainda, que, mesmo com o fim da emergência em saúde pública de importância nacional ocasionado pela covid-19, e considerando a recomendação da Prefeitura de Belém sobre a desobrigação do uso de máscaras em ambientes abertos e fechados, o item de proteção deve continuar sendo usado por pessoas com comorbidades, imunossuprimidas, grávidas e idosos com mais de 70 anos.

O uso de máscara, ainda segundo a nota técnica, também é recomendado a qualquer pessoa que apresente sintomas gripais e a profissionais e público em atendimento à saúde, em locais como hospitais, postos, unidades de saúde, locais de vacinação, clínicas, laboratórios e farmácias, da rede pública ou particular.

Segurança - As medidas de proteção seguem válidas, segundo a nota técnica da Sesma, como higienizar as mãos com álcool 70% ou água e sabão; cobrir o rosto com o antebraço ao tossir ou espirrar e manter o distanciamento entre pessoas ou grupos em todos os ambientes, evitando aglomerações. A nota também coloca à disposição o telefone (91) 98416-3255, da Divisão de Vigilância Epidemiológica, com funcionamento 24 horas, para mais esclarecimentos.

_________________

Luiz Carlos Santos | Ag. Belém